terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Obrigada Deus, por 2010 ..


Durante um momento de reflexão, voltei no tempo e fiz uma retrospectiva de tudo o que passei em meados de junho até agora, em dezembro. Descobri que quando conhecemos algumas pessoas e eles se tornam especiais, conhecemos o amor e descobrimos como é bom não conseguir viver sem eles!

Vivendo e descobrindo o saber
A memória é um chip feito e aceito por cada um de nós
Que temos que ter e descobrir como fazer para cada dia usá-lo melhor.

Sorrindo para cada melhora
Fazendo assim, minha escora em cada pessoa que me namora
Mediante motivos banais, estouro rojões a cada notícia boa que me vem
Mesmo que não me convém ser enganado.

Descobri amores e amizades que não consigo explicar sua importância
Parece que foi na infância que eu os conheci!
Fechei meus olhos por um instante, entendi naquele instante
Que era necessário me alegrar por mais triste que seja o fim.

2010 para mim foi incrível, cada momento foi vivido
Senti na pele tristezas de verdade, e chorei por coisas que um dia vieram por maldade
E nunca reclamarei dos problemas, cada dia é um dia e fiz valer a pena!
Ainda tenho saudade e na vontade de começar tudo outra vez.

Obrigada Deus, por 2010!
eu escrevo

Jãojão! ..




MIGSSSSSSS meu amor! (Finge que estou gritando isso) Você não tem noção do quanto importante é pra mim, né? (Me segura, vou me jogar! KKK)
Só eu sei o quanto você foi essencial durante o ano de 2009 e 2010.. Me envolvi na sua amizade, me deixei levar por suas palavras doces e animadoras.. Tudo bem, você erra, eu erro, mas o que eu sinto por você amigo, nunca vai acabar!
Quando penso que o ano de 2010 está para acabar nesta semana e que você não vai voltar ano que vem, meu coração fica do tamanho de uma ervilhinha, rs.. Gostava tanto de te abraçar, me fazer de sonsa (tá, eu sou mesmo) perto de você só para vê-lo dar risadas e se alegrar comigo.. Me sinto feliz e não há nada que você faça para me fazer parar de gostar de você!
Algumas vezes eu senti ciúmes da sua outra amiga, confesso, mas parei com isso quando veio me pedir desculpas e disse que me amava! Ôh João... Você é tão fofo para mim, para as outras pessoas também.. Você é goxtoso, bonitão, tem a voz mais irada que eu já ouvi! Ok, parei! kkkkkkk .. Sei que não estamos juntos neste dia, me perdoe amigo, mas eu quero te desejar um feliz aniversário, que Deus abençoe a sua vida a cada dia mais e que ele esteja derramando sobre você, coisas maravilhosas pelos anos que virão! Eu só te desejo o melhor, porque eu quero muito, mas muito mesmo que você seja feliz!
Eu amo você, João!
Amor é uma palavra forte, e eu quero que acredite que o sentimento é verdadeiro!
Ei migs.. me dá um abraço? rs

Ana Cláudia Maforte.
Dedicado ao mais fofo do mundo, João Lucas!

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

O amor move o poeta e o compositor ..


A criação de palavras e emoções, são descritas por poesias sem a menor noção de rimas
O fervor das palavras de Chico, o amor das palavras de alguns mitos
Nenhum poeta é adotado como bom se não for ludibriado, maltratado
Confio nas palavras de músicas cantadas por grandes
Faço da arte minha vida por um instante
Homenageio pessoas de diversas formas
Volto na infância, viro criança e brinco por alguns momentos antes de chegar no alge de minha poesia
Convivendo e criando ressentimentos de tristes momentos que me fazem moldar e crescer dentro de toda aquela poesia
Que hipocrizia dizer que todo esse jogo de palavras não demonstram tal grande amor
Sou compositora, exploradora, sou atriz!
Falo de coisas inexploráveis, ou apenas inexplicáveis que de tão banal, dizem uns aos outros sem ao menos conhecê-lo
Sentimento único, puro e fiel .. nada melhor que estar vivendo, pintando com o seu próprio pincel
Amor; Todos os maiores compositores, senhores e poetas querem saber onde mais poderemos encontrar assunto melhor e mais proveitoso que este
Brindemos senhores, pois foi por todos os amores que aqui estamos brindando e falando como atores!

eu escrevo

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

ainda bem ..

ainda bem
que você vive comigo
porque senão
como seria esta vida?
sei lá, sei lá ♪

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Deixe odiar-me por um instante ..


Vivo na totalidade de meus planos. Sigo mediante esses planos frustrados ou apenas criados sem fundamento.
Quando se cria um certo sentimento, sua juventude se alegra, sua vida vira cor de rosa.. Fica a cada hora mais gostosa.
Tantas vezes sonhei com aquele senhor, namorei de longe aquele compositor que nem por mil anos me daria a chance de mostrar-lhe meus sentimentos e vontades de fazê-lo feliz.
Sentei-me inutilmente, pois olhava atentamente um rapaz independente vivendo sua forma de vida ciente, era cliente de todos os bares daquele imenso lago de Itaguará.
Brincando e enfatizando cada pedaço de mulher que passava em sua frente; Seus amigos se faziam de inocente quando as garotas vinham reclamar.
Percebera minha forma notória de lhe observar, olhou para mim sorrateiramente de forma que nenhum dos amigos conseguissem lhe pegar.
Todos os amores e fervores de senhores do lago foram preenchidos por nossos olhares calorosos de atenção um ao outro.
Ao rapaz, meus sentimentos, pois nossos momentos foram raros e nossos olhares se desfizeram em imperfeições de toques distantes perante o habitual de um casal normal.
Mudanças de momentos para milênios e coisas que naturalmente não costumo fazer, são as paixões de dias que ainda não quiseram partir de mim.
Aquele dia nos marcou como um plano, algo que teríamos que completar haja o que houver, mas não havíamos fundamentos: "De onde tiraríamos o porque de nos conhecer?"
Nos amamos em olhares frustrados, tiramos nossa vontade de sorrir para estranhos e resolvemos escolher apenas um estranho para entregar nossos olhares.
Deixe-me odiar minha vida por um instante? Deixe-me ser relutante à vontade que tenho de me levantar e falar contigo! Mas seria mais bonito caso não nos apresentarmos. Eu concordo.
Resolvo me levantar e sair daquele ninho de amor eterno, e seu olhar resolve se agitar e procurar-me por onde quer que estivesse. Ai então, resolveu esquecer da vergonha dos amigos.
Me escondi nas almas das ruas, me senti nua ao andar de saltos altos em um lago profundo, lhe senti por perto então me escondi direto em um beco sem saída.
Voltei à andar pelas ruas sem nenhuma força bruta, me fiz de estúpida pois nem teu perfume que senti de longe pode me atormentar.
Após aquela caminhada, me sentei em uma calçada e me senti aliviada por ser mais uma amada por um rapaz do lago.
Nada em especial, todos eles se apaixonam por uma qualquer que lhe der um olhar diferencial.

eu escrevo

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Confusão ..


Queria acordar, e perceber que você mudou. Ou eu gostaria apenas de ver que nossa conversa começou a acontecer com mais frequência, ou com mais facilidade. Queria sentir que seu coração anda quente por dentro; Que tudo o que faz é pensando naquela conversa que tivemos ou que teremos mais tarde...
Dizem que não basta querer algo, temos que tentar mudar por nós mesmos, e ao ouvir estas palavras, tentei fazer com que toda a sua arrogância, sua falta de atenção e estupidez comigo fosse jogada fora, como se o que sentia quando me maltratava fosse esquecido pelo meu coração. Na verdade, foi apenas guardado para mim mesma.
Sempre tive uma certa rigidez se tratando das minhas amizades, mas nesses dias acho que não tenho ligado tanto, por isso tenho tido tantos amigos a minha volta, sem perceber o quanto são bons!
Já tive uma experiência de confundir sentimentos entre amigos, isso não foi proveitoso e me deixou mais triste do que estava antes; Na verdade, não digo que foi de tudo ruim, acho que nunca tive alguém que me amasse tanto e que me fizesse tão bem quanto ele me fez, mas ainda não era aquele sentimento que eu tinha que sentir.
O que acho mais estranho é quando sinto algo por alguém que não sente nada por mim, esse alguém não liga para o que quero viver e aproveitar com ele, mas continuo a insistir! Acho que muitas garotas vivem essa realidade. Mas e quando sinto algo por alguém, não sei o que é, e essa pessoa (talvez) sinta a mesma coisa por mim? Como vou descobrir se é tão estúpido? Sem mais.
Preciso mesmo é de um remédio que me deixe tranquila, pois quanto mais tempo se passa, mais eu vejo que as coisas não acontecem só comigo e tudo o que acontece é igual com todo mundo! (é, infelizmente.)
Todos os amores e confusões acontecem com todos, passamos por dias difíceis, fáceis, ruins e alguns completamente bons; Mas o bom de passar por dias difíceis é que se ainda não deu certo, é porque ainda não acabou!

eu escrevo

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Um pouco de meus ídolos..


Ah, se já perdemos a noção da hora
Se juntos já jogamos tudo fora
Me conta agora como hei de partir

Ah, se ao te conhecer
Dei pra sonhar, fiz tantos desvarios
Rompi com o mundo, queimei meus navios
Me diz pra onde é que inda posso ir

Se nós nas travessuras das noites eternas
Já confundimos tanto as nossas pernas
Diz com que pernas eu devo seguir

Se entornaste a nossa sorte pelo chão
Se na bagunça do teu coração
Meu sangue errou de veia e se perdeu

Como, se na desordem do armário embutido
Meu paletó enlaça o teu vestido
E o meu sapato inda pisa no teu

Como, se nos amamos feito dois pagãos
Teus seios ainda estão nas minhas mãos
Me explica com que cara eu vou sair

Não, acho que estás te fazendo de tonta
Te dei meus olhos pra tomares conta
Agora conta como hei de partir.

Eu Te Amo
Chico Buarque

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Apresentação ..


Mantive meu olhar no público durante toda a apresentação
Chorei de emoção quando vi amigos queridos a me parabenizar.
Errei letras, sai do tom
Mas nada melhor do que aquela sensação de felicidade, do gosto da saudade que virá em breve!
Minutos depois, todo show se acabou
Agradeci gentilmente, sai indecente sentindo o medo de errar novamente.
Encorajei-me em uma sala vazia
Agradeci a Deus pelo fim daquela agonia
Troquei o vestido longo por algo medonho, curto e tristonho
Mas pude sorrir ao encontrar os amigos que foram me prestigiar.
Faltaram pessoas importantes, que mesmo distantes, após o show puderam me consolar.
Não me faltavam sorrisos e até o juízo quis terminar aquela noite à me esgueirar.
Mas em qualquer circunstância não sou mais criança e preciso aproveitar.
Passou o final de semana
E no início da semana ainda estava a me animar
Ouvi um som triste
Uma música que me disse palavras doces e sentimentos puros
Que me deixou insegura por um segundo..
Sei que não lamento, pois ainda sorrio por dentro
Agradecendo a Deus pela bela apresentação que não foi em vão, mas sim por uma transformação.
Minha missão era cantar a canção e mostrar a todos a emoção de ter estado ali e vivido aquela experiência.
E mesmo com erros, espero ter mostrado com o desespero de minhas mãos trêmulas minha vontade de continuar!
Saudade, palavra que nem o inglês traduz.
Teatro é vida!
Teatro é a minha vida!
(Parabéns aos formandos do dia 11/12/2010 no teatro "Geta" em Vila Velha!)

eu escrevo

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

I wanna break your heart


Quero destruí-lo
de forma que não se construa mais.
Mas antes, tiro de mim este desejo que tenho quando lhe vejo!

Quero beijá-lo de forma fútil
Não quero sentir teu gosto.
E quando vier o fim, que te diga o quanto te odiei.

Quero que quanto mais tu me tenhas
Mais sinta que me afasto
Que penses que tenho coração de aço.

Quero poder sentir o quanto está me amando
enquanto brinco com teu corpo nú.
E que vá embora imaginando o que fez de errado.

Quero esperar até quando estiver totalmente apaixonado
Para quebrar teu coração em pedaços
E acima de tudo, que um dia consiga com que você pare de fazer comigo estas coisas que quero fazer com você.

eu escrevo

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Possíveis sonhos ..


Construí uma casa com muitos quartos
Em cada um deles, decorei de acordo a cada sonho meu
Percebi o quanto demorei a construir alguns e o quanto outros foram fáceis.
Passei a adolescência e a juventude construindo os básicos
Cresci a força tampando os buracos que fizeram em minha mente e coração.
Acreditei e apostei em pessoas que fizeram jus aos meus sonhos.
Chorei e quase "pirei" quando meus pais nem quiseram saber e os esnobaram
Fechei a porta de vários quartos e não me lembrei onde guardei a chave
Mas hoje ainda vivo em alguns, pois um dia não sobrará nenhum para contar a história.
Mesmo cheia dessas memórias, minha cabeça embola e meus olhos choram por pensar que não completei muitos.
Mas ainda sou jovem adulta e um dia serei madura para realizá-los!

eu escrevo

sábado, 4 de dezembro de 2010

Peleje para que eu te ame ..


Ouvi de ti, todas as coisas que sempre quis ouvir de alguém. Senti por ti, coisas que na teoria lia a todo o momento.
Jamais quis ouvir tuas palavras, tive medo de pensar em lhe querer ou por alguma hora lhe ter em algum lugar estranho, como em meu pensamento.
Eu já temia ao que poderia me dizer, escondi das pessoas que já sentia meu estômago congelar enquanto se aproximava e durante alguns dias em um lugar estranho, como meu pensamento, mantive teu rosto ou teu quarto como meu momento de desespero e desapego do mundo.
- "O que fazer, se este amor é proibido? Como mudar nossa situação?"
Gostaria de descrever em muitas palavras aquilo que vivemos, ou que ainda não, mas não sei como fazer. Queria dizer apenas em duas palavras o que sinto e vivo contigo: "Um amor!"
Vivo a fugir de maneira rude, para que teus braços não venham ao meu encontro, mas de qualquer forma, teu amor me cobre por onde quer que eu vá.
A cada momento que me faço forte, sua voz parece soar ao meu ouvido.. Finjo não ouvir mas parece que tudo que ouço, vem de você.
Falei por diversas vezes, que não sentia amor por ti, disse não aos vários dias em que queria lhe ver e contra minha vontade me escondi e não fui ao seu encontro.. Pequenos momentos, coisas que me fizeram ver que teu amor era minha mina de ouro mas quando encontrei o caminho, não pude prosseguir.
Tudo o que é proibido é melhor, dizem os espertos, mas quando se ama se é tão estranho que não consigo distinguir o que seria bom e como faria para lhe ter. Então, acho que aqueles que se acham espertos nunca amaram!
Já que me proibiram de te amar, dou-me como esperta para que vejam o quanto sou forte, mas quanto tu se aproximas vejo o quanto sou fraca e desprovida de agilidades.
Da janela de meu quarto enquanto lutava com o travesseiro para dormir, ouvi um som estranho vindo da janela e quando parei para escutar, eram pedras sendo tacadas na vidraça.
Levantei-me, e ao abrir a janela lhe vi dar-me um grande sorriso, logo tive vontade de sorrir e fazer com que todo aquele momento fosse mágico, mas me fechei em uma expressão fúnebre e sonolenta.
- (Disse-lhe rudemente) "O que faz aqui tão tarde? Meus pais podem acordar e estarei perdida."
- (sutilmente) "Por favor. Diga-me o que faço para lhe ter? Diga-me pelo menos se algum dia poderei tê-la!"
Suas palavras foram penetrantes diante meus olhos tristes e temíveis de sono durante aquela noite de insônia, mas resolvi deixar meu medo tomar conta de meu ser e fazer com que meu desejo de tê-lo fosse contido por temer algo que não sabia exatamente.
- (fechando minha janela)
- (entristecido) Não vais embora, vai?
- (desisto de fechar a janela) Mas preciso.
- (esperançoso) Sabes que vou lutar por ti, até minhas forças acabarem?
- (friamente) Sabes também o quanto és fraco e não aguentará muito tempo. (fecho a janela).
De todas as manerias que poderia terminar aquela noite, escolhi a pior forma.
Voltei à minha luta noturna de dormir todos os dias com tua imagem em meus pensamentos lhe querendo e temendo ter, mas implorando que continuasse à insistir por sentir o toque de meus lábios nos teus.
- "Prometo amar-te, respeitar-te, até o dia em que perder a dádiva da vida."
Sabendo que em algum dia lhe declararei estas palavras, lhe digo que me espere e que supere caso um dia lhe faltar amor. Mas creio que não será necessário previr deste pedido, ele não virá!
-(Murmurei enquanto conseguia dormir aliviada) "E serei eternamente tua!"

eu escrevo

Vou sentir saudade, amigos ..


Um dia a maioria de nós irá se separar, sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora,as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos, até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar quem sabe.. nos e-mails trocados. Podemos nos telefonar conversar algumas bobagens... Aí os dias vão passar, meses... anos... até este contato tornar-se cada vez mais raro. Vamos nos perder no tempo... Um dia nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão? Quem são aquelas pessoas? Diremos... Que eram nossos amigos. E.. isso vai doer tanto! Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida! Então é preciso cultivar a amizade dia a dia.


(Vinícius de Moraes)

Vou sentir falta da Berréca (Rebeca), da Bruna gata (Bruna), da Juju (Juliene), do Leléo (Leonardo), da Jejés (Jéssica Maia) e de VÁRIOS outros que faziam parte de meus recreios e aulas intediantes no Agenor Roris. Sem contar aqueles no qual foram chegando agora no final, como a Jejé (Jéssica Gonçalves). Sim, talvez não nos vejamos mais, mas não escondo o quanto gostei de conhecê-los!
É uma droga de escola, eu sei, mas foi onde encontrei os melhores amigos possíveis.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Vestido "Florrível" ..



Ela usava um vestido florido
Que de tanto brilhar
Mexia comigo.

Ele tinha uma cor especial
Mas de qualquer forma, era moça morena
E tinha um brilho natural.

Em meu ver, não andava
teu corpo saltitava
Me fazendo delirar e viajar em seu vestido florido.

Era bonito, e todo homem esquisito queria se aproveitar
Não a conhecia muito bem
Mas teus olhos me faziam lembrar
de velhos amigos à namorar

Me lembrava pessoas belas e singelas
De favelas amarelas
E casas com imensas janelas
Com alguém à olhar a bela ao passar com o vestido florido.

Ao me aproximar
Senti sua forma estranha de me encarar
A moça do vestido florido, de mim não havia se comovido
E ao abrir a boca, vê-se meu medo

Não havia nada melhor que tua beleza, de boca fechada
Pois mesmo havendo o que dizer, não sabia nada
Era burra como não esperava
Fiquei ali na calçada a esperando ir.

Me senti triste, vazio e desmerecido
Achei que a moça do vestido florido fosse perfeita
Seu brilho me sujeita a olhá-la... Deixei-a ir
Pois prefiro algo feio e sabido que algo belo e desentendido.

eu escrevo

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Salve, Rio! ..


Há beleza enquanto sorri
Há um estranho olhar vindo de algum lugar
Me fazendo esperar por outro sorriso da criança, que mesmo quase sem esperança chora de medo por ver uma guerra de sua janela.
Rio de Janeiro, cidade maravilhosa - Praias desertas, ruas cobertas de policiais
Pessoas inocentes perdendo a vida na eterna briga das "dorgas"...
Assaltantes correndo por um espaço
O exército perfurando o mato,
Tudo para evitar que os bandidos possam se apossar da cidade maravilhosa.
Esforços por nada, tiroteios na madrugada
Estouro na sacada e o ano novo ainda nada!
Pessoas nas janelas implorando por cautela, rezando pelo fim da guerra
E os assaltantes invadindo as favelas, matando e roubando, portando merda
Um assaltante morto lá em cima e a imprensa toda glorifica...
A senhora pede socorro e o povo todo pede paz
Gritando pelos varais e esperando impotentes pelo o que a polícia faz.

... agradeço a Deus por estar ouvindo o clamor de muitos, dando o fim desta guerra.

eu escrevo

sábado, 27 de novembro de 2010

Aprendizado..



Acordei de um sonho ruim, que não me deixou descansar. Ao me levantar, percebi que não era um sonho e sim minha pura realidade. Desnorteei-me ao reparar que onde estava seria impossível me contactar com alguém, temi quando andei e não consegui parar e raciocinar aonde pararia. Estava totalmente perdida, em meu quarto.
A porta estava fechada mas batia com a força de ventos que não sabia de onde vinham, tive medo de errar aonde e aqueles ventos me mandassem para longe, onde não há mais volta.
Fechei-me em total desespero, cruzei meus braços em volta de minha costela dolorida pelos fortes abraços em mim mesma, para defender a força dos ventos que me abatiam, mas em toda aquela circunstância, me mantive forte.
Implorava constantemente ao pai que deixasse continuar minha caminhada, implorei que não me tirasse a vida, e durante um olhar para trás, vejo que há uma corda onde pude me segurar e voltar a me deitar sobre a cama e tentar sair daquele sonho ruim.
Ao conseguir deitar-me, imediatamente cai em um sono profundo e sem perceber, horas depois acordei ofegante e apenas me lembrando vagamente daquele sonho onde não senti minha presença, mas senti em um grande fervor, um aprendizado.
Mediante grandes tempestades, em algum momento será o fim.

eu escrevo

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

É apenas um sonho, que adoro sonhar..


Escondo uma paixão, no qual não posso revelar e dizer que é paixão. Peço desculpas aos leitores mas de todos os amores, aquele era o maior amor de todos. Tive pena dos acidentados, esperei na fila dos operados para apenas ajudá-los a superar seus problemas crônicos.
Estive perto de telefonistas, balconistas, doutores e pessoas de boa formação, que não conseguiram me dizer o que poderia fazer para conseguir sua atenção. Tentei falar mas você não soube ouvir, nem ao menos admitiu culpa durante uma conversa a sós, que em nós se fizeram tuas palavras ao direcioná-las em seu total desapontamento por ser eu, sua apaixonada.
Creio que de todas as loiras e belas moças que lhe dirigiram a palavra, eu era a morena de cabelos escuros e saltos baixos que não desejara ter. Ainda procuro meus pontos positivos, minha alto-estima. Procuro coisas dentro de mim que me façam pensar que por um segundo desejaria casar-se comigo e ser feliz eternamente.
Não sei como ainda penso, pois sei que ainda temo o dia da despedida dessa mentira.

eu escrevo
Você já percebeu que quando eu te vejo eu perco o chão.
Que o simples fato de te ouvir me faz perder toda razão
Quando você chega minha mão transpira
Minha mente pira
Eu já não sei o que fazer

Já vi que esse lance tá ficando chato
Pois até os meus atos não consigo mais conter
Não ligo se você nem tá ligando nem tão pouco se importando
Mesmo assim vou te dizer

Já dei tempo ao tempo, mas o tempo não me ajuda
Se tento te esquecer só faço te querer
Tá no meu pensamento sentimento que não muda
Tô louco pra te ver
Só quero amar você...

Jorge e Mateus - tempo ao tempo

Um consolo ..



Após presenciar uma pavorosa cena que me traria uma tristeza certeira, me sentei em um banco onde tive uma amiga como apoio. Ela me falou das coisas tristes que passara dias atrás, me mostrou o fato de não poder chorar com tal cena e me mandou calar enquanto queria falar boas coisas de alguém que me fizera mal.
Mostrei a ela o medo que me consumia enquanto parava para pensar, queria me agitar para não raciocinar e chorar de desespero. Mostrei também, minhas qualidades e meu jeito errado de viver, dizendo que mesmo que a pessoa que me fez mal esteja errada, eu também sei errar. E muito bem.
Ela me encorajou e disse que toda vez que quisesse chorar por futilidades, a convidasse para mostrar o que sentiu no dia que chorou por amor. E hoje, ao olhar aos céus, ela sorriria ao ver que o formato das nuvens estaria o rosto de seu amado, por não tê-lo mais em vida.
Ai então, me calei.

eu escrevo

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Amigos antigos ..



Toda vez que nos relacionamos com alguém seja amizade, amor ou apenas trabalho, sentimos medo. Se você não sente algum medo quando conhece alguém, meus parabéns você é a pessoa perfeita. hm*
Um dos propósitos dos seres humanos é a relação entre eles: Conhecer, se relacionar e se afastar ou eternizar.
Todo mundo já passou por uma separação que trouxe saudade: Todo ano do colegial eu passava por isso, pois nunca continuava no mesmo colégio. Meus pais são professores e a minha mãe sempre era mandada para outra escola e como eu fazia as séries das escolas onde ela trabalhava, era mais fácil pra ela me matricular lá.
Sempre fui sociável (até criar uma conta no twitter..), fazia amigos no colégio na primeira semana e dali rolava um ano inteiro de amizade e coraçõezinhos da reixtart. Todo ano era especial, mas um dos mais importantes e especiais pra mim, foi o ano de 2005! Conheci uma menina chamada Luísa, ela se tornou minha melhor amiga e durante aquele ano inteiro tínhamos uma amizade perfeita e bem divertida.. Não eramos de sair juntas ou uma ir dormir na casa da outra, mas no colégio eramos carne e unha, como dizem. Era a época do Rebelde (é, eu gostava), e eu tenho até hoje um CD que ela colocou dentro da minha mochila de presente e ainda me implorou desculpas por ter mexido nela sem pedir.
Era engraçado e legal ter uma amiga de verdade, eu estava reparando que a única coisa que faltava para parecermos Chris e Greg era apanhar na escola, mas acho que os alunos de hoje tem medo do professor vir e bater também (acho que no Sesi isso não aconteceria, mas eles tinham medo).
De qualquer forma, eramos amigas e não nos importávamos com as pessoas falando que somos estranhas, (pois é, fui estranha desde pequena, hoje eu só esqueço de tomar os remédios) andávamos pela escola falando dos meninos da 8ª série e riamos quando algumas meninas mais estranhas (ou não) passavam por nós.
E o fim do ano ia chegando e o fim das aulas também, acho que a gente nem ligou, eu estava na 5ª série! Mas quando as aulas acabaram, acho que fizemos uma festa de despedida e depois daquele tchau como se fossemos nos ver para a aula do outro dia, nunca mais nos vimos. É, eu acho que a Luísa não se lembra muito bem, assim como eu, mas sei o quanto senti falta dela no ano seguinte. Tanta gente estranha em um lugar só, sem ninguém para conversar (êh, tristeza)... Passei algumas semanas sem fazer amigos naquele outro colégio, lembrando sempre da amizade que tive com a Luísa, e lembro até hoje.
As saudades daquele ano serão inevitáveis para sempre, mas terei sempre a vontade de lembrar e me saciar desta pequena saudade que hoje me invade, e que graças aos amigos recentes eu não tenho tanta.
Posso dizer que tive a "Amizade perfeita" e que é muito difícil encontrar, já faz 5 anos e eu ainda não consegui alguém igual a Luísa, mas sei que todos os meus amigos juntos possuem todas as características de um amigo perfeito, e eu não reclamo disso, sei que tenho sorte.
Obrigada Deus pelos meus amigos, e abençoe a Luísa onde quer que ela esteja!

eu escrevo

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Houvera desejo ..


Hoje eu pensei em como chegar em casa
Pensei em você durante um segundo
e todo meu mundo parece ter caído.
Conversar, ou apenas papear
é algo bom,
mas com você eu não consigo achar.
Toda vez que conversamos
aparece um clima estranho
Como se fossemos amantes
e não pudéssemos nos achegar.
Você age de um jeito estranho
parece gaguejar,
Mas me mostra sem hesitar
Tua forma linda de pensar.
Mudei por diversas vezes meu caminho
sem temer a nenhum espinho
Querendo apenas te encontrar.
Pode parecer romantiquinho...
Mas eu quero dividir com você
esta estranha forma de ver.
Não estou apaixonada
tenho certeza que não me sinto alucinada!
Ainda preciso voltar "pra" casa
mas estou parada esperando na estrada
uma carona amiga
Ou teu carro passar na avenida...
Ainda ouço tua conversa
Ainda quero que me peça "pra" te ouvir antes de dormir
Antes que o galo cante
Nós somos amantes, viajantes, estrelas do ar
Basta me olhar "pra" adivinhar
Que naquele momento
Eu queria mesmo é te beijar.

Eu escrevo

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Valeu Gabriel!


Esta semana um amigo me indicou o livro do Gabriel, O Pensador: "Diário noturno". (Valeu, Giovanni (Jojo)!)
Para quem não conhece, o cara é escritor, happer e poeta. Ele estourou na mídia na década de 90, com uma música chamada: Tô feliz (matei o presidente). É, já da pra sentir o estilo louco do cara.
Eu nunca fui de defender causas sociais, na verdade nunca gostei desse tipo de conversa, mas assim como eu, o Gabriel também gosta de escrever poesias grandes e textos narrativos de coisas que aconteceram com ele, ou que ele presenciou e chamou sua atenção.
Eu como aprendiz de escritora devia ter vergonha do que vou dizer mas não sou muito fã de leitura e quando meu amigo me emprestou o livro, juro que gelei pensando em como faria para ter paciência em lê-lo, mas assim que cheguei no colégio com o livro, resolvi pegar e começar a ler. Acho que se passaram umas duas aulas e eu não via e ouvia nada, era somente eu e o Gabriel naquela sala cheia de gente gritando e fazendo bagunça. Sim, extraordinário o que um bom livro faz com a gente.
Ele fala de cada área da sua própria vida, mostra as coisas que o Gabriel ama e defende; Escreve sobre seus amores, e mostra para quem lê que o nosso país precisa mudar e podemos fazer pouco, mas que mudará muita coisa. Suas músicas, de forma engraçada e irônica tende a mexer com nossa cabeça e mudar algumas maneiras de pensar:

"A criminalidade toma conta da cidade
A sociedade põe a culpa nas autoridades
Um cacique oficial viajou pro Pantanal
Porque aqui a violência tá demais
E lá encontrou um velho índio que usava um fio dental
E fumava um cachimbo da paz
O presidente deu um tapa no cachimbo e na hora
De voltar pra capital ficou com preguiça
Trocou seu paletó pelo fio dental e nomeou
O velho índio pra ministro da justiça ...
"Essa tribo é atrasada demais...
Eles querem acabar com a violência,
mas a paz é contra a lei e a lei é contra a paz"

O cachimbo da paz - Gabriel, O Pensador.

Aconselho a quem gostar do tipo de leitura envolvendo algumas poesias e histórias de acontecimentos na vida de terceiros, a lerem o livro "Diário noturno", eu não me arrependi de ter lido, acho que você também não irá.

Ok, por hoje é só!
eu escrevo

domingo, 21 de novembro de 2010

Como diria O Pensador: "Há Mar"


Durante uma volta na praia, me sentei na areia para admirar a batida das ondas naquele espaço cheio de areia encharcada. Olhei para o lado e vi uma pessoa andando sem um objetivo, creio que estava apenas procurando algo para fazer naquele dia de domingo. Olhei para o outro lado, vi alguns pescadores e um casal, que assim que perceberam que eu estava observando, me olharam e logo fiquei sem jeito, então me virei.
Comecei a me sentir desconfortável por estar sozinha e de mãos vazias, enquanto as pessoas em minha volta estavam acompanhadas. Resolvi olhar para trás e ver se havia alguém por ali, vi um rapaz que também estava sozinho e de mãos vazias. Logo me senti aliviada e com menos vergonha de não ser a única à buscar inspiração naquele mar e continuei por mais alguns minutos ali.
O mar é algo indescritível, durante aqueles minutos em frente ao mar, descobri que realmente ele é maior do que imaginamos e podemos pensar e mais bonito que poderíamos pintar!
Gosto quando me encanto por algo, acho que não vou conseguir moldá-lo até escrevê-lo com minhas palavras, mas o que eu vi hoje não posso descrever aqui, se você puder um dia parar e olhar para o mar irá reparar o quão suave é o quebrar das ondas e o quão agradável é sentir o vento que vem da costa ao encontro do seu rosto e de seus cabelos. 
Pude aproveitar cada momento, me aproximei da água e toda a tristeza que senti o mar parece ter levado com a onda que recuou antes de quebrar.
Assim que me senti melhor, voltei para casa com um sorriso no rosto, tomei um banho com medo de tirar aquele gosto de areia e a satisfação daquele mar, e enquanto penteava meus cabelos, me olhei no espelho e vi o quanto minha aparência ficou mais leve e tranquila, então sorri.
Agradeci gentilmente aquele dia olhando mais uma vez o mar pela minha varanda, sorri durante uma música alegre e me alegrei enquanto tinha vontade de cantar sobre aquele mar. Hoje estou tranquila, com minha alma calma e cheia de vida, e espero que isso não se vá depois que esse dia passar.

eu escrevo

sábado, 20 de novembro de 2010

O Flamengo de meia idade.

Hoje eu acordei contente
Esperando impotente
Por alguma solução.
Ouvi falar da morte
Que em dia de má sorte vem acontecer
Tive medo do escuro
Esqueci que ouvi do mundo
palavras rudes que me fizeram banalizar a perda.
Nada faz com que esqueça
do futuro de incertezas
da saudade na cabeça
e a vontade de gritar.
Ao ouvir o choro em todo lugar
Precisei me inspirar...
No choro inocente da família carente
daquele amor que perdera recente.
Não conseguiria homenagear
Minhas palavras não podem contar
tudo aquilo que significou
E hoje,
só nos restou a lembrança
dos tempos de criança
Onde contigo andávamos e sorríamos.
Vou me lembrar honrosamente
do dia em que sorridente veio me cumprimentar
Vou sorrir e lhe desejar uma boa ida
Embora a despedida seja a parte que não gostaria de participar.
Não imaginei quão grande dor
de um dia ver o desespero
e por poucas horas me ver de joelhos
Para pedir e agradecer a Deus
Por todos os dias de vida
E agradecer talvez pela partida deste tio especial.
Ficará na memória
a continuidade da história que você ainda fará
Talvez por falta tua
nossa família se reúna
Talvez por consolação
eu abrace e me aproxime do meu irmão
Cada um faz tua história
Seu teatro e sua peça
Tua cortina fechou
pois a nossa peça começou
Agora em palmas
homenageio tua ida
a fechada da porta o corte da cortina...
Apenas uma vida
mas foi bem vivida.
Dias inteiros no bar,
brindava a vitória do Flamengo, outra vez
Gritava a cada gol
vibrava com cada show
E hoje fechou seus olhos com maturidade
sabendo que deixará saudade
E sentirá falta mesmo com muita idade
das festas que fazia no bar.
Vamos brindar à sua vida
Vamos chorar à sua ida...
Com saudade!

eu escrevo

Creio eu, que com o tempo a gente se acostume com o fato de perder alguém, talvez vamos chorar e etc, mas vamos esquecer poucos dias depois. Esse tio me fará falta pelo fato de ter sido especial nas pequenas coisas, e eu prezo isso. Serei eternamente grata pelos sorrisos, Tio.
Ana Maforte.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Vou, quero, preciso!


Vou correr atrás, até conseguir te ter pra mim
Quero ouvir de você que me ama e que não quer o fim
Preciso dizer o quanto te amo e preciso te ouvir
Ando atrás desse amor a muito tempo

Vou olhar pra você até me reparar
Quero sorrir enquanto me olhar
Preciso ficar longe enquanto tu me olhas
Ando para trás enquanto vem em minha direção

Vou surtar quando me disser adeus
Quero ver seu olhar desapontado enquanto finjo não ligar
Preciso sorrir enquanto me disser palavras rudes
Ando em volta de mim para descobrir o que senti

Vou sentar na arquibancada enquanto você chorar
Quero que veja meu sorriso fúnebre
Preciso chutar sua inutilidade enquanto caminho
Ando pela vida levando este espinho

Vou estar aqui,
Quero ficar aqui,
Preciso esperar aqui,
Ando por ai querendo apenas sorrir para ti.

eu escrevo

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Descontrair ..


Sempre escrevi sobre coisas românticas, obviamente porque eu estava apaixonada, mas quando eu descobri que ele é um total idiota, resolvi mudar os rumos da minha caminhada e mudar meus assuntos. Há*
Conversei com alguns amigos e reparei que as pessoas que se interessavam pelos meus textos eram garotas apaixonadas ou frustradas sentimentalmente por garotos fúteis, que ao lerem os textos, se sentiam com esperança e se alimentavam mais daquela mentira toda. Vou confessar que me senti uma merda.
O amor pode ser real para uma parte da galera, mas tem gente como eu que acredita e se envolve, mas tudo acontece rápido demais, tendendo à criar uma vontade de sentar em um sofá com um pote de sorvete, chocolates e um filme triste, creio eu, que para chorar tanto que depois você não sofra mais por aquela pessoa. Vou admitir, isso não dá certo!
É claro que se apaixonar é bom, você viaja em muita coisa, sua inspiração é bem mais ampla, além de você fazer coisas erradas sem pensar nas consequências. Eu já matei algumas aulas e me arrependo amargamente, perdi algumas matérias e levei faltas. Grr*
Quando tudo acaba, parece que você se sente aliviada, não sei como dizer, parece que você começa à enxergar as pessoas em sua volta, antes você só reparava aquela pessoa e agora seus amigos são mais... Seus amigos! Sua amiga(o) não vai reclamar por não ouvir falar dele(a), você vai rir mais com piadas idiotas, pois parece que quando estamos apaixonados não podemos rir por estarmos naquele estado sentimental, triste e idiota. Você vai se sentir tranquilo em poder ouvir qualquer música romântica sem sentir aquele friozinho no coração com vontade daquela pessoa. Chega*
Todos temos anseios e desesperos por pessoas perfeitas demais, amores encaixados e belezas exatas em nossos padrões, quando você vê que terá que esquecer alguém, é onde se valoriza e vê onde não poderá errar novamente, se não quem se fode é você. E é onde você aprende a valorizar aquele amigo e aquele ombro que irá te acolher no momento que mais sentir dor.
Paixão, amor, amizade, saudade; são todos os sentimentos que carregamos em nossas vidas, se não os tivermos, nossas flores no jardim da vida não terão brilho. As decepções, tristezas, brigas, dores, existem para fazer nosso jardim se estragar, e se caso não cuidar, quando morrermos olharemos para trás sem nos orgulharmos. Mesmo que doa bastante, temos que arriscar, eu quero ver minhas flores brilhando quando eu morrer. Você quer? Eu sei que sim!
Ah vá, eu tinha que dar uma liçãozinha de moral no fim. Não estou tão, poco me fudendo pro amor.. Ainda to sofrendo! haha
eu escrevo

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Seja eterno.


É lindo o jeito que ele fica feliz depois de conversar com ela.
Ouço escondido suas brincadeiras infantis pelo telefone
Procuro por suas cartas e mensagens de amor
Vejo que há algo maior que eles possam imaginar em si mesmos.

Encontros escondidos e palavras cortadas são ditas
Seus olhos brilham ao se encontrarem
Suas mãos congelam e seus olhos lacrimejam
Se apertam e escondem o choro de não poderem assumir este sentimento

Idade difícil esta que vivemos, nos recusamos à amar e sofremos
Mas aprendemos a dizer que sofremos para crescer
Mesmo que não consigamos estar diferentes
Todos os jovens presentes, levantem e concordem com esta afirmação.

E voltando à outra situação, diga se concorda ou não
Se eles se amam, para que viver em vão?
Deixaria de ser leviano, me levantaria da cama
Para lhe dizer o que sinto completamente.

Prometas que não deixará pela metade nada que acontecer
Prometas vida eternamente contigo
Não sendo infiel, mentiroso e um pouco sorrateiro
Viverão felizes pela vida inteira.

eu escrevo

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

O que eu quero ..


Eu só queria aquele telefonema durante a noite dizendo que ligou só para ouvir minha voz e que de dia, me enviasse uma mensagem dizendo que lembrou de mim enquanto ouvia uma música romântica. Que você diga para um amigo o quanto ficou feliz quando me conheceu e quando está comigo, se sente bem e confortável.
Quero que enquanto estiver andando sozinha você sinta ciúme de mim, que pense que alguém vai me tirar de você, e que eu tenha a oportunidade de dizer que ninguém vai fazer isso.
Quero ouvir de sua boca o quanto é louco por mim, assim como sou louca por você.
Quero ficar feliz ao lhe ver e ouvir de você o quanto sente minha falta enquanto dou-lhe as costas para ir embora, mas que você entenda que apenas quero que me pegue pela cintura e me abrace de costas.
Quero estar sempre acompanhada de você, e que nenhuma companhia seja melhor para ambos.
Quero ser sempre amável e tentar ser a mais bonita, para quando olhardes para outra, perceber que minha beleza lhe basta. Na verdade, preciso de alguém que me ame de verdade, independente da idade!
Gostaria de dizer a aqueles que gostam de enganar, que não há graça nisso, e que amar alguém de verdade é muito mais proveitoso e bonito.

eu escrevo

domingo, 31 de outubro de 2010

Bobo apaixonado!




Desejei tocar teu corpo de maneira que nenhuma mulher tocou
Quis pegar teus braços e colocá-los em minha cintura
Tentei seduzir teus olhos e colocá-los em minha direção
Você olhou, quis, e por fim, experimentou.

Quando dei o sinal, você quis avançá-lo
Bagunçamos seu quarto, quebramos quadros
Arrancou minha roupa com loucura, não me deixou respirar
Tomou-me em teus braços, com cuidado, para não me machucar

Disse as palavras mais doces que já ouvira e que me deixaram em êxtase
Fazendo-me deitar em teus braços sem fazer nenhum esforço
Entretando, temendo sua força brutal
Mas querendo sentir o seu diferente toque em meu corpo.

Minha vida estava estirada em sua cama
Meu corpo era devorado por suas palavras ilícitas
Seus lençóis foram lavados com o suor e sangue de tua força
Mas que no fim, me senti viva, desejada e amada.

Amanheceu o dia e o rugido do sol apareceu em sua janela nos fazendo acordar
Abraçados e praticamente agarrados, estavam nossos corpos nús
Ao me levantar, retirei alguns lençóis e levei comigo ao banheiro para me banhar
Você foi ao meu encontro... Sentia apenas o toque da água em meu rosto ao te abraçar embaixo do chuveiro.

Ao levar-me à porta, fiz com que aquele fosse nosso último beijo
Quase perguntei pela noite, mas temi sua reação e não o fiz.
Me perguntou se nos encontraríamos novamente,
Eu apenas sorri e lhe beijei novamente, partindo em seguida.

Me senti mulher por aquela noite,
Mas não lhe daria o gosto de saber que gostei.
Por isso, guardarei comigo meu pensamento
E estarei esperando o próximo bobo apaixonado que me interessar.

eu escrevo

Saudações, amigos!


Aos amigos de muitos anos, uma salva de palmas
Aos amigos de poucos dias, um copo para brindar
Aos que se mostram amigos, um aperto de mão

Um "brinde" aos segredos contados
Um beijo pela falsidade dos que se mostram
Um sinal de saudade aqueles que moram longe

Um sorriso ao lembrar do riso que não paramos à noite
Um lenço ao choro que não parou durante conversas
Um "Olá" para os amigos que vivem com pressa.

"Adeus" aos amigos mentirosos
"Olá" aos amigos gostosos
E um "talvez" a aqueles que virão, dependendo da situação.

eu escrevo

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Como explicar?


Não queria pensar em você; Mas quando penso, sinto um aperto no coração só de lembrar dos nossos momentos .. como explicar? .. Como explicar a vontade que me da de ver-te sempre ao amanhecer? Como explicar também a dor que sinto aqui dentro quando te vejo conversando com outras garotas? .. Ciúme? Porque? ..
Me disseram que estou apaixonada por você.. E sei que em encantos caí por seus olhos amedrontados de vergonha, que talvez escondam péssimas intenções. Acho que é por isso que não acredito e não me entrego totalmente a seus braços que tanto me fazem falta em noites de frio.. ou dias de calor intenso.
Precisava sentir o perfume do teu pescoço, sentir teus braços em volta do meu corpo, ou suas mãos em meu rosto.. para apenas voltar e recordar aquele dia, no qual não esqueceria jamais!
Mas se eu disser que esqueci, virá para me fazer lembrar? Se disser que não lembro mais de teu cheio, e do toque de seus lábios, virá para me beijar?
Te amo com a pobreza de minhas palavras, com a falência de meu bolso, e com todos os cavalos de força do meu coração.. Preciso que acredite em mim, e faça valer minhas nobres palavras para que quando lhe pedir amor, me deres de verdade, sem mentiras.
eu escrevo

O que sinto quando lhe vejo, é algo fora do comum.


Meu estômago gelou ao ver seu corpo mesmo de costas, minhas mãos não saíram de cima da cadeira onde estava sentada, e meus olhos congelaram para frente me impedindo de falar com você. Quando lhe vi se aproximar, senti uma leve brisa de calmaria e um cheiro de amor no qual não podia sentir para não cair em tentações e tentar, novamente, te amar. Sua voz se curvou, e sua conversa não fora mais direcionada a mim, suas brincadeiras tornaram-se risos para meus amigos e sua cantoria tornara bela para uma velha amiga. Meus caprichos foram jogados para o lado, minha timidez tornou-se total, novamente.
Ao ver seu distanciamento, minhas mãos, olhos e corpo voltaram ao estado normal, e pedindo loucamente que continuasse ali pelas redondezas. Algum tempo depois, senti a falta de sua presença, olhava para todos os lados e não lhe via. Senti um grande aperto no peito, mas com a certeza de que lhe veria, mesmo de longe, novamente.
Quebranto-me em palavras estranhas, trato minha vida como insana, retiro coisas de todos os lugares para conseguir preencher a falta que você faz. Crio desenhos de todas as formas, trabalho com números inimagináveis, apenas para criar dentro de mim, pensamentos que me ocupem a cabeça para esquecer-me de ti.
Depois de diversas tentativas, creio que seja impossível esquecer de seu sorriso e de seus beijos avassaladores, que faziam com que minha mente fosse cheia de seus encantos e depois de sua recusa, criasse meu pranto.
Quando lhe via pela primeira vez, reparei que teu sorriso era encantador, assim que me distanciei, senti uma grande vontade de vê-lo sem ao menos conhecer.. Em uma semana, conheci teu sorriso de perto, lhe beijei ao sentir o toque de suas mãos nas minhas, me esquentei naquela tarde fria em seu corpo quente... Não conseguiria esquecer daquele mar nos olhando e os peixes aplaudindo nossa paixão. Corremos por alguns metros, nos abraçamos ao chegar, senti como meu abraço se encaixava em seu abraço, fui embora sem ter medo e nenhum arrependimento, sonhando com a próxima vez.
Passaram-se semanas e semanas... Conversas, troca de olhares e profundas trocas de declarações eram sentidas em nossas conversas.. em alguns dias, me perdi em medo e desespero.. A saudade era total, meu coração estava amedrontado e precisava fechá-lo. Ao fechar meus ouvidos para suas declarações, tive mais medo e não conseguia segurar a vontade de te abraçar a todo o tempo. Acalmava-me enquanto lhe via de longe, mas você demorava a aparecer, suas fotos era o que eu mais precisava ver... Distanciei-me para conseguir esquecer o amor, mas hoje não consigo suportar a dor de meu coração longe do teu... Ele um dia irá parar, e espero que seja ao lado teu. (L)
eu escrevo

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Amo-lhe com ternura ..


Porque dizem que querem, se na verdade, não querem?
Os homens gostam mesmo de mentir?
Me apaixonei, não posso negar.. Você me prometeu amor, disse que ia cuidar de mim, é incrível o jeito que consegue me manipular. Diz que gosta de mim mas minutos depois, age estranhamente e de um jeito que sei onde vai parar.. Minha mente, infelizmente, está completamente dominada pelo seu sorriso, e seu jeito idiota e estúpido de ser. Estranhamente, minhas mãos congelam enquanto digito coisas pra você ler, espero como louca lhe ver em pelo menos dez minutos do meu dia, no qual valerão para as 24 horas... Mas creio que contigo seja diferente.
Creio também que quando falta a respiração, é a prova de que um coração já não sabe mais viver sem o outro. E durante esses dias, não consigo respirar se você não estiver perto. Posso parecer equivocada, mas esse sentimento esta grande demais.. não sei mais o que fazer e como fazer para lhe ter.
Um dia me disse que não saio do seu pensamento, e morre de saudades de mim, mas como pode se você sai em todos os lugares, mas o único lugar onde você não vai é ao meu encontro? Eu sempre espero por você, mas você não vem.. Sou boba e imatura, não consigo enxergar a mentira em belos rostos, me desculpe por favor, não sei bem como mudar e crescer.. Amo-lhe com loucura, o temo com ternura e espero a sua chegada a cada dia que se passar.

eu escrevo

domingo, 17 de outubro de 2010

Dizer ...


Por diversas vezes eu tentei pedir ajuda as pessoas ao meu redor, eu nunca consegui resolver as coisas sozinhas mas nunca tenho coragem de falar aos outros, então eu pergunto ao meu irmão. Coisas de amor, todo mundo tem dúvidas, e ele como é mais velho e já viveu muito mais coisas nesse ramo, resolvi perguntar a ele sobre um novo amor... Quando eu pronunciei a primeira frase, ele já dizia que ele não queria nada sério comigo e ia fazer como meu ex-namorado, que mentiu pra mim. Pensei por alguns minutos se deveria ou não contar a ele o resto, e resolvi cortar a maior parte do assunto. Me fechei por alguns dias, pensando que resolveria sozinha, mas não sei o que foi acontecendo, meus dias foram ficando pesados e minha cabeça mais ainda, precisava contar pra alguém mas não conseguia, tinha medo de ouvir que ele não queria nada comigo e que ia me dar mal de novo caso ficasse com ele. Ai então resolvi me abrir pra uma amiga, falei tudo... Até chorei! E quando terminei de falar, respirei e senti que minha respiração estava mais leve e consegui sorrir. Estranho, não? Quando temos alguém pra contar nossos problemas sem medo, é muito bom. Eu nunca tive uma experiência tão instantânea de ter passado dias maus e por um passe de mágica quando terminasse de falar, toda a dor ia embora.
Não sei como agradecê-la, mas estou feliz por isso! Espero que diante de qualquer tipo de problema que ela tenha, ela conte comigo também.
Obrigada, Duda :)

As vezes, saudade..


Sinto como se não gostasse realmente de você. Sinto como se tudo aquilo que temos seja apenas uma amizade e que confundimos com amor.
Mas como explicar a forma estranha e diferente que fico quando estou perto de você? Meu coração quase pula do peito, meu sorriso abre involuntariamente e penso o dia inteiro em você para apenas tentar sentir o seu perfume, só pela nossa amizade?
É estranho a forma que fico ao lhe ver mas sei que não vai dar em nada, porque já ouvi suas promessas de outras bocas e outras paixões.. Mas queria fazer de tudo para que desta vez fosse verdade; Me mostre, me diga o que preciso fazer para que faça dar certo? .. Preciso de você!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010


"Eu preferiria, uma vez sentir o cheio dos cabelos dela... Dar um beijo em sua boca... Tocar uma vez sua mão... A passar uma eternidade sem fazê-lo. Uma vez!" - Filme: Cidade dos Anjos

eu escrevo

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Queria entender ..

Gostaria de entender o porque que aquilo que nos faz mal, o nosso coração não consegue ficar longe. Gostaria de saber também, o porque de não enxergamos a pessoa certa, eu gostaria de conseguir enxergar as pessoas que me fazem bem de verdade, mesmo que isso não seja possível.
Será que é pedir demais? .. Sim, eu sei.

eu escrevo

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Talvez amor ..


Criei-me, recriei-me e montei algumas frases. Escolhi as melhores e coloquei em um envelope no qual quisera enviar-te, mas no momento em que tentei colocá-la no correio, uma aflição grande rondou meu coração fazendo-me parar. Queria que soubesse o fato de estar chorando, e por qual vontade estaria procurando a morte. Tento lhe dizer à dias o quão encantada fiquei durante nossas conversas e nossa troca de olhares.. Poderia citar versos apaixonadíssimos, gritaria de altos arranha céus e imploraria aos céus por sentir seu perfume mais uma vez..
Apaixonei-me indevidamente, criei emoções repentinas e nossos corações giraram rápido como turbinas! Porque não me pediu a mão enquanto estavamos sozinhos? .. Diria-lhe um sim eterno, pois lhe amo tanto quanto o tamanho da eternidade.


Escrevo histórias no qual não tive o prazer de mostrar a ninguém; mas deixo alguns versos aqui.
eu escrevo.

sábado, 9 de outubro de 2010

Sentirei saudade.


Sei que é estranho dizer, mas eu quero me despedir de você.. fazer com que seus últimos dias aqui sejam inesquecíveis.. Quero dançar com você enquanto o sol se for, e te namorar até o sol nascer.. Quero esperar no banco do ônibus até ele chegar, e mesmo que te leve embora, dizer que vou te esperar.. Quero beijar seu rosto, seu pescoço.. para quando afastares de mim, eu possa levar seu perfume em minha boca.. Quero me lembrar das poucas risadas que me fazem rir quando penso em você. Afinal, preciso amar você até quando não puder mais.
eu escrevo

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Dúvida?


Você sorri quando está prestes à vê-lo(a)? Ou apenas esconde o sorriso? Você queria dizer tudo o que sentiu em uma semana de conhecidos? Já sentiu vontade de gritar com as suas amigas só pra ele notar que você pode ser engraçada? Já deu aquela vontade tremenda de chorar enquanto ouvia uma música? Já se apaixonou em um dia? E .. quando o dia passou, você teve medo de tudo o que ele dizia ser mentira? Teve medo de ser enganada(o) de novo? Sim. Eu já fiquei desesperada por todos esses motivos. E como sempre, temo que esta não seja a última vez.
eu escrevo

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Não mudaria nada em você.


Acho que por trás de todo o meu jeito de durona e séria, sempre sorrio quando o vejo, mesmo em fotografias e em vídeos *-*
Murilo Couto, você é a coisa mais fofa do mundo.. O cara mais lindo do mundo, pra mim, e nada pode quebrar meu sentimento por você! agora falei tudo, uau
Gosto dele porque ao invés daqueles meninos que conseguem as coisas pela sua beleza ou cabelinho estilo viado, ele conseguiu por ser engraçado e saber fazer!
Te admiro por isso! Mesmo que não venhamos a nos conhecer, te admirarei de longe.. meu ídolo! (L)
ana maforte

terça-feira, 5 de outubro de 2010

estar feliz ..


Não é um estado de sempre. Mas poderia ser.
Todos querem a felicidade e vivem a vida procurando, mas não sabem o que fazer depois que ela chega. A felicidade pode estar em qualquer canto, em qualquer lugar e em qualquer coisa.
Queremos tanto as coisas grandes que ao nos depararmos com coisas pequenas, não damos o real valor e deixamos de aproveitar.
Poderia ter sonhado mais, chorado mais, desejado mais, e deixado as coisas fluirem. Mas o medo de perder está sempre nos cercando e amarrando nossos pés nos fazendo cair. Tenho tanto medo, que tenho medo de sentir medo, sem perceber que sinto.
"Estamos tão preocupados com o que queremos ter, que esquecemos de agradecer o que já temos."
Esqueci que sou frágil demais e sou enganada facilmente, por isso sinto dores que em mim são impossíveis de serem apagadas! Mas com o tempo, saem do foco da minha vida.
Não sei como finalizar esse texto, apenas o criei pra dizer o que queria.
eu escrevo

sábado, 2 de outubro de 2010

um segredo ..

Não custei em reparar no seu sorriso. Precisei de algumas amigas pra me encorajarem à falar com você. Talvez não seria tão difícil se minha timidez fosse menor, mas acho que seria bem mais fofo se falasse e você tivesse vergonha. Imaginei que seria algo bem estranho, nossa primeira conversa foi ótima e mesmo com alguns olhares amedrontados, fiquei feliz em saber que você é tão legal.
Juro que não sei o que escrever, estou colocando palavras tão ridículas que tenho vergonha de te mostrar, e ainda estou um pouco tremula na hora de escrever.
gostei do seu sorriso, e pensei nele nesse dia. acho que é tudo.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Angel

Queria que ouvisse o que eu escrevi pra você.. Queria que visse o modo que fico ao te ver.. Sentir teu cheiro é melhor que tudo!
Nada é capaz de me fazer mudar, o que eu vivi nada mais vai tirar de mim.. O teu coração eu quero pra mim.
Eu crio músicas de todo o lugar, palavras bonitas eu sei inventar.. Falo coisas estranhas só pra te encantar, mas o meu sorriso eu não sei inventar.. Vivo, na realidade, pra te olhar.
Nada que diga vai mudar o que eu quero, nada que mostre vai me fazer feliz..
Pois você é assim, o que eu sempre quis.. ♪

eu escrevo.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Você tem um lenço ai?


A gente custa entender o porque das coisas acontecerem com a gente. Nunca imaginei que uma coisa ruim pudesse acontecer duas vezes, mas acontece. Não exatamente igual, mas acontece.
As vezes uma amiga sua te roubou o namorado, e meses depois outra amiga te rouba outro amor. Ou o seu pai deixou a sua mãe e o teu marido morreu e te deixou. Não acontece com todo mundo, mas aconteceu algo parecido comigo.
Preciso contar essas coisas pra você entender que por maior que sejam os seus problemas, algumas pessoas passam por eles também e conseguem superar. Independente do tempo que dure, essas dores que sentimos passam com o tempo. Pode confiar :)
eu escrevo.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

The life's miracle!


Dia 27/09/2010. Hoje para alguns é apenas um dia, e para outros algum dia com algo importante à fazer. Meus dias durante a semana não são muito divertidos e sigo fielmente à uma rotina, então não são tão bons assim.
Mas hoje, minha tia Juliana está para ter o bebê no qual esperou por exatos 9 meses. Ela se chamará Julia e estamos todos nervosos e felizes com a sua chegada.
E são nestes momentos onde agradeço a Deus pelo milagre da vida, onde de uma mulher nascerá um ser. Estou feliz e animada, espero que ela seja linda como as mulheres de nossa família, rs
eu escrevo.

domingo, 26 de setembro de 2010

Acordar e ver o sol ..


Nada como um dia de sol, em um domingo.
Nada como uma felicidade radiante em dias mesmo nublados e distantes.
Precisava apenas de olhar diretamente para o céu e perceber que cada dia é um dia, e preciso vivê-lo independente do que virá amanhã. Se é que virá o amanhã.
Moro em apartamento à 3 anos. Fui visitar a minha casa ontem depois desse tempo todo sem ir. Tomei um susto com o desenvolvimento do bairro, minha casa está linda como sempre foi mas desta vez reformada, e o bairro está asfaltado e com comércio.
Fico feliz de saber que o lugar onde morei por uns 11 anos está tão lindo e bom. Mas as vezes sinto saudade da infância que passei lá, devia ter aproveitado mais! Infelizmente, essas palavras são horríveis, mas são necessárias.
eu escrevo.

sábado, 25 de setembro de 2010

Deixa ficar, isso passa com o tempo.


Essas músicas antigas me fazem viajar muito. Nunca gostei tanto de ouvir Tom Jobim quanto agora, eu ouvia essas músicas pelos meus pais e nunca dava atenção ao tom poético e singelo que cada frase entoada por uma nota faziam à minha cabeça.
Ao ver alguém se inspirar nas belas frases amorosas dessas músicas, me achei no dever de ouvi-las mesmo sem gostar. Parei alguns minutos em frente do computador, pensei em alguns nomes da música brasileira e baixei alguns dos seus maiores sucessos. Comecei à ouvi-las, mas desta vez, prestando muito atenção em cada frase e em cada rima. Me apaixonei, não consegui parar de ouvir nem um dia si quer!
Escrever ao som de mestres da música, muitas vezes nos ajudam à chegar a perfeição de textos ou apenas sentir o que queremos sentir.
eu escrevo.